Na Educação Infantil do Raízes os alunos brincam bastante, mas cumprem também suas atividades pedagógicas que buscam desenvolver os aspectos sociais, motores intelectuais e emocionais da criança. As funções básicas para a alfabetização são exercidas com níveis de complexidade crescente, de modo que, ao chegar no 1° ano, o aluno tenha condições de ser alfabetizado.

Adaptação da Educação Infantil

Entendemos que a adaptação é um processo gradativo e individual. Este processo vai sendo construído e conquistado nas interações com o aluno, os pais e os professores. Estabelecemos como objetivos fundamentais desse processo a integração da criança ao ambiente escolar, estabelecendo com a professora uma relação de confiança, amizade e cooperação; bem como a criação de uma rotina diária que permita a construção das noções dos acontecimentos, fator importante para transmitir segurança e independência à criança.

Comunicação diária via agenda ou pessoalmente.

MINI MATERNAL/MATERNAL

O sentimento de pertencer a um grupo, de ser uma pessoa importante e querida, e a percepção da capacidade de aprender são aspectos fundamentais da formação de nossos pequenos alunos. Nesse sentido, a primeira etapa da vida escolar visa formar estreitos vínculos com professores e funcionários e com todas as situações de aprendizagem experimentadas.

JARDIM I E JARDIM II

Num clima de confiança e afeto, as crianças adquirem segurança em sua própria capacidade expressiva, cognitiva, afetiva e social em relação aos outros e ao conhecimento e têm inúmeras oportunidades de desenvolver sua criatividade e o apreço pelo conhecimento e pela cultura.

Nessa primeira etapa, ser autônomo está relacionado à capacidade de assumir pequenas responsabilidades considerando as necessidade pessoais e do outro, dentro de regras e limites valorizados para uma convivência saudável.

Culinária na Educação Infantil

Cores, aromas e sabores…

Dentre as diversas atividades propostas para a Educação Infantil, a culinária tem um destaque especial e é um momento muito apreciado pelas crianças. Afinal, quem não gosta de preparar delícias e depois comer com a companhia dos amigos?

Durante as culinária as crianças participam ativamente: ajudam na escolha das receitas, exploram os ingredientes, adicionam um a um na tigela, mexem, experimentam, diferenciam sabores e cheiros, misturam tudo e aprendem muito. Depois de pronto degustam com muito prazer!